Meu diário – 02/08/18 – Como o Amigurumi me ajudou a superar uma fase triste!

Meus Pontinhos de Amor, nesse mês de agosto (mês do meu aniversário) dou início aqui no blog à uma nova etapa nessa caminha de constante aprendizagem!!!

Sempre quis poder estar mais perto de vocês, mostrar um pouco mais de mim e conhecer vocês um pouco mais!!

Nesse espaço vou compartilhar um pouco da minha vida, minha rotina de estudos, minhas viagens e como funciona o processo criativo das minhas peças!

Tudo pra deixar vocês ainda mais pertinho de mim!

Espero que vocês gostem e abracem a ideia, e como sempre, conto com a presença de todas vocês aqui nos comentários!!!

Nesse primeiro post quero contar como o Amigurumi entrou na minha vida e me ajudou superar uma fase um pouco complicada que estava passando em 2016!

Então se prepara que vai ser um post um pouco longo hahahaha

…………………………………………………………………………………………………………………………..

Muitas de vocês não sabem, mas eu sou Piauiense, formada em Engenharia Agronômica pela UFPI e no final de 2015 me mudei para São Paulo.

Essa mudança foi um baque pra mim, pois eu estava acostumada com uma vida bem diferente em Teresina e de repente começar uma nova vida numa cidade tão imensa e tão caótica como São Paulo foi um choque!
Recém formada, queria logo começar a trabalhar na minha área, mas isso não aconteceu. O Brasil passava por aquela crise imensa e toda entrevista que eu participava sempre tinham pessoas muito mais velhas e muito mais experientes que eu! – Resultado: Não conseguia as vagas que desejava.

Com o passar dos meses uma frustação foi tomando conta do meu coração, e eu entrei em uma fase muito triste. Eu me culpava por não encontrar nenhuma vaga, achava que era incapaz, me sentia um trapo!!

Nunca passei por dificuldades financeiras, sempre tive apoio e suporte do meu marido. Mas eu queria trabalhar, ter minha independência era algo muito importante pra mim!!

Porém um certo dia precisei ir á um Armarinho para comprar um material para a escola do meu filho e por acaso vi umas linhas para crochê. Lembrei que na infância, aos 7 anos mais ou menos eu tinha aprendido a fazer correntinhas e ponto baixo.

Decidi comprar a linha e uma agulha (comprei a agulha mais grossa que a linha hahahaha). Pensei: “ Vou tentar, porque não?”

Em casa procurei algo no Youtube e acabei fazendo umas flores, que saíram todas tortas e eu com galos nos dedos hahahahahahaha.

Primeiras flores que fiz!!!

Depois comprei barbantes e fiz um tapete para o quarto do meu filho, esse já saiu um pouco melhor.

Usei o passo a passo dessa artesa – Cidinha Crochê – https://www.youtube.com/watch?v=0ycNIcG66MI

Vendo isso, meu marido me mandou umas fotos de uns bonequinhos feitos de crochê e sugeriu que eu fizesse algum daqueles. Mas eu logo retruquei dizendo que seria impossível fazer coisas tão perfeitas!

Ele insistiu e me mandou alguns links em inglês, na época não tinha muita coisa em português. Então comecei a estudar, e comecei a fazer peças simples, precisei de muita persistência, mas veja onde consegui chegar!!!

O primeiro amigurumi que fiz foi esse da foto abaixo. Fiz com barbante, porque ainda não conhecia direito as linhas, só depois vi que tinha linhas mais macias e mais finas que podiam ser usadas para confeccionar peças menores!!

Usei o passo a passo dessa artesa http://www.lanasyovillos.com/es/amigurumis/dormilon

O amigurumi me ajudou a sair de uma fase triste e ainda consegui por um tempo trabalhar só com isso quando morava ai no Brasil.

Não é fácil, nunca é! Mas se lutarmos por aquilo que desejamos, tem uma grande possibilidade de dá certo!!

E vocês meus Amores, como foi que vocês começaram a fazer Amigurumi?

Comentem aqui embaixo, como disse quero conhecer todas vocês!!

Acompanhem mais do meu trabalho se inscrevendo em meu canal! Conto com a ajuda de vocês!
💖💕😍💖💕😍https://www.youtube.com/bonekdecroche
Por favor assistam aos videos e deixem sua curtida!!👍😍
E fotos exclusivas no meu Instagram! 👇🏻📲https://www.instagram.com/bonekdecroche/

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

32 comments

  1. Oi!!!
    Eu como voce aprendi a fazer crochê com 7 anos. So que nunca tinha paciencia pra fazer!!!
    Dai quando sai do emprego comecei a fazer alguns tapetes pra ocupar a mente e tal, dai comecei a pesquisar no YouTube e achei os amigurumis e me apaixonei. Ainda estou aprendendo mais estou amando confeccionar esses bichinhos!!!
    Bjos!!!!

  2. Eu adorei sua história. A minha é um pouco parecida. Me aposentei com apenas 43 anos, pois sempre fui professora e trabalhei por 26 anos. Depois de meus dois filhos crescidos, perdi meus pais e entrei numa fase de ficar parada, sem fazer e produzir nada. Com o passar do tempo meu marido voltou a trabalhar e eu fui com ele, ajudando. De repente ele perdeu o emprego. Ninguém quer empregar pessoas depois dos 60 anos. Com isso voltei a ficar em casa e a grana ficou muito curta. Me interessei pelo croche. Até então só fazia square. Comecei a fazer coisinhas pra fora e encontrei os amigurumis. Me apaixonei e agora só quero fazer isso. Obrigada Alcione, por dividir conosco suas receitas.

    1. Flavia por isso amo compartilhar com vcs o pouco que sei. Saber que de alguma forma consigo fazer a diferença e tornar o mundo um pouco melhor ja me deixa muito feliz!!
      Torço muito pelo sucesso de cada uma de vcs! E desejo sinceramente que tudo fique bem para todas nós!!!
      Obrigada por dividir sua historia comigo minha querida!

  3. Eu comecei a fazer amigurumi quando vi, no youtube, um vídeo da Luciana Ponzo fazendo um Snoopy. Fiquei encantada e resolvi fazer um também. Resultado: fiz 9. Vendi alguns e decidi pesquisar sobre o assunto. Um belo dia encontrei você, amei os vídeos e dicas logo de cara. Virei sua fã.

  4. Meninaaaaaaaaaaaaa chocada com esse cabelão ………..e linda sua história minha amiga ..amiga que os amis me deram ….amiga pra vida ……..não é fácil de fato …nunca é …..mas o universo do artesanato deixa a caminhada mais leve ,colorida,e linda ….bj

    1. hahahaha o cabelo era imenso!!
      Sim… o Amigurumi me trouxe muita coisa boa, inclusive pessoas de Luz como vc!!
      Como sou grata por ter vc como amiga!!

  5. A minha estoria e muita parecida com a sua … embora que perdeu o emprego com a crise foi meu marido, entao estavamos passando uma fase muito dificil,e sempre fazia croche …. mais estava triste e desanimada e nao podia transparecer isso em casa …. e um belo dia vi uma Menina Chamanda ALCIONE ensinando bonecos de croche kkkkkkk ai pensei pq nao? e aquela arte mudou minha vida e trouxe a minha alegria de volta … comecei como robby pras minhas filhas… e hoje tenho muitas encomendas … mais tudo gracas a vc … por isso sou eternamente GRATA … obrigada ;….

    1. Uau que JANAINA, que força você tem!!!
      Fico muito contente ao ler palavras como a sua. Palavras de superação me emocionam sempre e eu fico com a alma cheia de alegria só de saber que colaboro tanto com o trabalho de vocês!
      Na vida da gente ate pode acontecer algumas coisas que não estamos preparadas, mas com essa força superamos tudo!
      Como sempre falo, amigurumi é amor, e amor ajuda a superar tudo!
      Obrigada minha querida!

  6. Ainda estou na fase de admirar…kkk levei dez anos lendo sobre patchwork para fazer meu primeiro trabalho… então já viu…RS.. amo o seu trabalho…que bom que os amiguinhos apareceram em sua vida!!!

  7. Sempre gostei de crochê,quando pequena ficava encantada vendo minha nona que fazia de tudo,desde colcha até galinhas,cheguei fazer alguma coisa na raça,um tempo atrás deparei com amigurumis, há daí me apaixonei,e vivo tentando.

    1. Amigurumi é assim, depois do primeiro vira xodó e não largamos mais!
      Quero sempre ter vc por aqui nos comentários Ruth!
      Muito sucesso pra vc minha Querida!

  8. Olá Alcione, que lindo relato. Eu comecei a fazer, olhando no youtube. E vi você ensinando uma boneca de cabelinhos vermelhos e adorei. Dela não parei mais de fazer bonecas. Um abraço

    1. Ai Neide também sou suspeita com bonecas kakakakakakaka
      Amo fazê-las. Não é a toa que o nome da minha marca é Bonek de Croche!!
      Sucesso pra vc minha querida!

  9. Olá Alcione, eu comecei passando pelo youtube, e vi uma boneca linda que você ensinava e através daquela boneca de cabelos vermelho, eu não parei mais. Amo fazer bonecas.

  10. Que maravilha que o Amigurumi te ajudou assim, eu aprendi correntinha com 7 anos , mas achava complicado e foi com minha vó, sempre fui boa no tricô, ai com tempo aprendi a fazer de tudo um pouco desde sapatinhos a vestidos de bebês, mas em 2015 sofri um acidente grave onde perdemos o bebe de 10meses de minha irma, aquilo me consumiu muito tempo e só vivia a antidepressivos, ai fui num armarinho buscar linhas p tentar voltar a o crochê quando o dono que me conhecia e sabia do acontecido me deu ideia de fazer. Foi minha salvação! Ate com os antidepressivos parei, só tenho cabeça para Amigurumi, nem faço mais outras pecas ,só em ultimo caso , amo estes Amigurumi e é muito bom saber que eles ajudam outras pessoas!!!

    1. Tatiana que linda a sua historia de superação!
      Sair de momentos difíceis é muito complicado, mas quando encontramos algo prazeroso e nos agarramos à isso, sempre conseguimos dá a volta por cima!
      Muito sucesso pra vc minha querida!

  11. Eu acho a Internet maravilhosa quando usada para o bem,por pessoas do bem,dá pra aprender milhões de coisas e conhecer pessoas como você, adoro seus vídeos e seus posts do outro lado do mundo.Que Deus te abençoe por sua generosidade em compartilhar conhecimento,sou sua fã.

    1. Obrigada Fabiana por suas lindas palavras!
      Concordo com vc. Se as pessoas usassem mais do tempo delas na internet para ajudar o próximo, estudar e evoluir como pessoa o mundo estaria bem melhor!
      Mas eu nem ligo muito pra essas pessoas, são vcs que me motivam sempre e todo dia.
      Compartilhar o pouco que sei com vocês pra mim é uma alegria imensa e isso é o que realmente importa!!
      Muita lus e prosperidade pra vc e sua família!

  12. Eu comecei no Amigurumi por causa do polvinho do amor. Ñ fiz muitas peças pois meu tempo é curto. Mas amo de paixão. Posso demorar mas ñ desisto. Amo. Ñ vendo pq ninguém se interessou. Mas faço todo dia um pouquinho e assim, pouco a pouco, confeccionei meus amiguinhos. Amor em cada pontinho resume bem meu amor pelo crochê e em especial agora os Amigurumi. Sua história é linda. Me emocionei. Bj

    1. Silvana persista, vc pode não ter vendido ainda suas pecas. Mas veja pelo lado bom que é o aprendizado adquirido e o bem terapêutico que é fazer amigurumi!!
      Torço muito pelo seu sucesso!
      Beijinhoxxx

  13. Eu comecei no Amigurumi por causa do polvinho do amor. Ñ fiz muitas peças pois meu tempo é curto. Mas amo de paixão. Posso demorar mas ñ desisto. Amo. Ñ vendo pq ninguém se interessou. Mas faço todo dia um pouquinho e assim, pouco a pouco, confeccionei meus amiguinhos. Amor em cada pontinho resume bem meu amor pelo crochê e em especial agora os Amigurumi

  14. Oi muito lindo seu relato,eu comecei com amigurumi este ano ,na verdade faz dois meses ,sempre via e achava lindo mais eu dizia nunca vou conseguir fazer um kkk ,porém passei por uma perda na minha família que me deixou muito mal , quaze entrando em depressão , fui buscar algo que me reanimar e daí eu disse vou tentar e consegui fazer e digo mais e muito bom amo fazer amigurumi ,

  15. Oi muito lindo seu relato!
    Eu comecei com amigurumi este ano ,na verdade faz dois meses ,sempre via e achava lindo mais eu dizia nunca vou conseguir fazer um kkk ,porém passei por uma perda na minha família que me deixou muito mal , quase entrando em depressão , fui buscar algo que me reanimar e daí eu disse vou tentar e consegui fazer e digo mais e muito bom amo fazer amigurumi!

  16. Que história linda, um incentivo, também quero muito fazer do crochê minha profissão, estudar e aprender a criar peças! Você eh nosso exemplo!

    1. Obrigada Flavia!
      Eu pretendo compartilhar mais da minha trajetória ate chegar aqui.
      Espero ajudar ainda mais todas vocês!!
      Muito sucesso pra vc!